Tabelinha: Conheça os riscos e beneficios do método

07:22


A tabelinha faz parte do planejamento pessoal ou familiar de muitas mulheres que querem engravidar e também de algumas que não desejam se tornar mães tão cedo. Porém, esse método contraceptivo é arriscado e precisa ser usado com muito cuidado para evitar uma gestação indesejada. O ginecologista e obstetra Sérgio Kobayashi explica a eficácia do método.

Como usar a tabelinha? 

A tabelinha consiste em calcular o período fértil e é usada para duas finalidades. Como contracepção, a mulher calcula o período fértil e precisa estar disposta a falar "não" ao parceiro quando estiver no período de maior risco, a chamada ovulação. Já para as mulheres que usam a tabelinha para engravidar, a intenção é justamente o contrário: manter o coito durante as datas de risco.
No entanto, utilizá-la como único método contraceptivo é arriscado, garante Kobayashi, especialista do Delboni Medicina Diagnóstica. Qualquer mudança no corpo feminino pode desregular o ciclo menstrual. Fortes emoções, estresse e até mesmo um simples resfriado podem acabar gerando atrasos ou adiantamentos na menstruação. Além dessas variações, a tabelinha também merece atenção porque não é uma forma de prevenir doenças sexualmente transmissíveis (DST). 

Quando acontece a ovulação?

Em geral, ocorre na metade do ciclo e pode variar de 28 até 35 dias. Em ciclos regulares de 28 dias, a mulher ovula 14 dias após o 1º dia da última menstruação.
Nessa etapa, conhecida como período fértil da mulher, o óvulo é liberado pelo ovário e chega até as trompas.  Em seguida, ele segue rumo ao útero para ser fecundado. Sendo assim, é melhor redobrar os cuidados, pois o risco de engravidar é maior durante esses dias.

Qual a chance de engravidar se eu estiver no período fértil? 


Segundo o médico, a probabilidade de acontecer uma gravidez decorrente de uma única relação sem preservativo é de 8%. O número pode até parecer pequeno, mas se engana quem acha que os riscos também são. A chance de acontecer uma fecundação é alta, garante Kobayashi.
Dicas para evitar gravidez indesejada
  • Procure um ginecologista de sua confiança para verificar a saúde e escolher o melhor método de contracepção.
  • Método escolhido? Use-o de forma adequada e disciplinada.
  • Tenha sempre em mente ou marque no calendário seu período de ovulação.

Vimos em Bolsa Mulher

Você pode gostar também

0 comentários

Mande seu comentário, criticas, elogios ou sugestões.
Responderei o mais rápido possivel.
Um forte abraço a todos vocês!

Contrate o Blog

Meu blog faz parte do Modatrade


Renata Massa
Renata Massa
Modatrade | A vitrine dos blogs de moda
Modatrade | A vitrine dos blogs de moda